• Dríade

Tarot (Introdução II)

Atualizado: 26 de Abr de 2019

Conteúdo retirado da Apostila "Curso de Tarot Completo" de Aline Dríade.



Para fazer uma leitura intuitiva, olhe para as cartas e deixe que suas imagens “conversem” com você, sem se prender àquilo que sua mente memorizou sobre tais Arcanos. Uma forma muito eficaz de leitura intuitiva é perguntar: “O que o tal Arcano faria no lugar do consulente?” Para perguntas que envolvam temas como prosperidade, realização e etc, pegue o tema (seja lá qual for) e questione: “Essa carta tem a energia da prosperidade (ou do tema que você escolheu e etc)?” SINTA a energia que cada carta te transmite!


No início do aprendizado sobre Tarot, você pode consultar a apostila e os livros, mas é importante não limitar a sua leitura somente ao nível mental dos conhecimentos estudados. Usar a intuição vai te levar a uma interpretação mais profunda e específica. Através da intuição, você vai descobrir que um Arcano pode conter inúmeras palavras para descrevê-lo, mesmo sem ter lido tais palavras em um livro ou sem ter aprendido em um curso.

A Escolha do Tarot

Atualmente, existem tantos tipos de Tarot, gerando dúvidas sobre qual seria o melhor a se comprar. Mas o que os iniciantes nesse estudo não sabem é que NÃO EXISTE UM TAROT QUE SEJA O MELHOR PARA TODOS! O melhor Tarot é aquele para o qual você olha na hora da leitura e consegue decifrar seus símbolos com mais facilidade. Por isso, a escolha do oráculo é pessoal, pois algumas pessoas terão uma conexão maior com um determinado Tarot, outras não.


Não adianta comprar aquele Tarot belíssimo, repleto de cores e símbolos se na hora da leitura, o Tarólogo não decifrar os desenhos. É preciso pesquisar aquele com o qual você terá mais afinidade (portanto, abaixo, deixo um site que mostra a cronologia do Tarot para pesquisa e busca daquele que você se identificará mais).


Ao comprar seu Tarot, certifique-se de que ele possui 78 cartas (ou, caso deseje comprar somente os Arcanos Maiores, este deve ter 22 cartas). Alguns diferentes tipos de oráculo são chamados erroneamente de “Tarot”, embora estejam em outra categoria oracular. Não importa qual Tarot você escolha: os desenhos, os nomes e alguns números podem até mudar, mas a essência do significado de cada carta É A MESMA! Posso pegar a carta número 1 do Tarot Clássico e a número 1 do Tarot das Bruxas e apesar de serem nomes e desenhos diferentes, ambas terão o mesmo significado!

E por falar em números diferentes, é importante saber que em alguns Tarots, a carta número 8 da Justiça e a carta número 11 da Força podem estar trocadas. Na tentativa de associar o Tarot à Cabala, alguns autores desenharam o Arcano da Justiça com o número 11 e o da Força com o número 8 (o que não altera o significado das cartas). Outros Tarot também trocam o número do Louco com o número do Mundo.

SUGESTÃO: Para quem está iniciando os estudos tarológicos, sugiro a compra do Tarot Rider Waite, pois além de possuir os símbolos essenciais em cada Arcano Maior, seus Arcanos Menores possuem desenhos que facilitam a interpretação na consulta, mantendo o significado essencial da tarologia (Tarot Clássico).


As regras do Tarot

A única regra que existe para o Tarot é a de possuir 78 cartas (e independente do tipo de Tarot, as cartas devem ter o mesmo significado essencial, mesmo que tenham nomes, número e imagens diferentes). De resto, cada pessoa criará as próprias regras para ler suas cartas. Existem pessoas que preferem jogar apenas com os Arcanos Maiores, outras jogam com ambos os Arcanos. Existem pessoas que preferem jogar o método da carta invertida, outras não. Existem pessoas que gostam de jogar métodos de leitura com poucas cartas, outras com muitas cartas, outras até criam seus próprios métodos! Enfim, cada um vai experimentar as diversas formas de ler o Tarot e escolher aquela com a qual se identifica mais, pois este oráculo é tão amplo em termos de conhecimento que é impossível estabelecer um único caminho como melhor e verdadeiro para utilizá-lo. Por isso, é muito importante criar uma aproximação com os Arcanos.


Uma sugestão é meditar com cada Arcano durante uma semana, para extrair o significado de cada símbolo. Assim, você terá mais conexão com seu Tarot no momento da leitura, o que facilitará na interpretação das respostas.


Carta Invertida

Se uma carta sai de cabeça para baixo em uma leitura, ela deve ser interpretada no sentido oposto ao seu significado normal. Por exemplo: a carta do Sol, resumidamente, significa união, vitória, amor e prosperidade em seu significado normal. Se essa carta aparece de cabeça para baixo em uma leitura, o significado invertido (ou também chamado de “negativa”) será, resumidamente, desunião, fracasso, desamor, penúria. Mas não existe obrigatoriedade em usar esse método. Ao sair uma carta de cabeça para baixo em minhas consultas, eu simplesmente desviro o Arcano, colocando-o de cabeça para cima e continuo a leitura normalmente, pois optei por não usar o método da carta invertida.


Acesse as informações sobre o Curso de Tarot Completo no link abaixo:

Curso de Tarot: https://www.driade.net/cursos


2 visualizações

Belo Horizonte, Minas Gerais - Brasil

  • Branca ícone do YouTube
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Whatsapp: (31) 99273-9137

© 2010 por Aline Dríade. Todos os Direitos Reservados.